.


VETORIZANDO EM COREL TRACE

25/10/2012 11:13

O CorelTrace permite converter bitmaps em gráficos vetoriais. Os bitmaps consistem em pontos individuais de resolução fixa e aparecem em pixels quando são ampliados.
Os gráficos vetoriais, que são criados por equações, podem ser ampliados e não aparecem em pixels.
Se mesmo assim você não entendeu, vou explicar em português claro.



Imagine que um cliente peça pra você desenvolver um folder, cartão de visita, panfleto ou até mesmo um website. E aquele logotipo dele é muito difícil de desenhar, além de você não ter aptidão nenhuma para desenho. Você terá, então, duas saídas: scanear e tentar fazer o tratamento da imagem no Photoshop ou programa similar, ou usar o Trace.

O Trace transformará sua imagem scaneada num vetor (desenho) que pode ser editado no Corel Draw. Quando isto estiver pronto, você poderá fazer o que quiser: trocar as cores, colocar fundo etc... Teríamos, ainda, uma última saída: scanear, exportar para o Corel Draw e desenhar por cima com a ferramenta Nós. Mas aí... já são outros quinhentos. Vamos ficar com a segunda opção que é bem mais fácil. Neste tutorial utilizarei a versão 11.

Então, vamos ver como isto é na prática:

1- Primeiramente será necessário ter um scanner. Com ele à disposição, vamos definir a resolução. Para obtermos uma imagem de boa resolução defina de 300 a 600 DPI. Este logotipo da revista foi scaneado com 600 DPI.
Obs.: Podemos scanear através do Trace também.

2- Depois de scaneado e salvo numa pasta de sua preferência, abra a imagem pelo Trace: Arquivo / Abrir.

3- Você perceberá o surgeimento de várias opções para vetorizar nosso logotipo: contorno / contorno avançado / linha central / contorno da linha central e outros.

4- Neste caso é bom usar o contorno avançado, pois assim podemos definir as configurações até chegarmos a uma aproximação perfeita do original.

5- Então selecione contorno avançado.

6- Na barra de propriedades, dependendo do logotipo ou desenho, será necessário testar algumas configurações.



7- Na campo complexidade, eu coloquei (5), mas já havia tentado (3), (8) e (16), sem obter um resultado muito satisfatório. Foi então que coloquei o valor (5).
Obs.: Geralmente eu não troco as outras opções: Filtro de Ruído Alto – Max, De cores (256), Redução de nós (0), Tipo de Nó, Suavizar e Tamanho Mínimo do Objeto (10)

8- Definida as propriedades, indo ao menu Rastreio - Pelo contorno avançado e...



... observe sua imagem sendo vetorizada. Pode acontecer de não ficar perfeito como a imagem abaixo, mas aí, é só ir testando o valor da complexidade. Eu coloquei (5) e ficou 95%.
Obs.: Se você quiser exportar para o Corel Draw, você poderá mudar a cor do objeto.



9- Quando a imagem estiver vetorizada corretamente, iremos salvá-la. Vá ao menu Arquivo / Salvar Resultado do Rastreio, defina um nome e escolha a extensão CMX.



10- Depois, abra o Corel Draw e desmembre o objeto rasterizado.
Após desmembrar, você pode trocar as cores e exportá-lo como gif ou jpeg, para trabalhar com ele em seu site. Poderá ainda salvá-lo no Corel Draw mesmo, e fazer seus trabalhos como cartões de visita, panfletos, folders etc...

11- Com o Corel Draw aberto, vá ao menu Arquivo / Importar e selecione o arquivo que foi rasterizado.



12- Depois, na barra de propriedades, clique no botão Desagrupar do Corel Draw e...



... dê um clique fora do desenho. Feito isto, o objeto está desmembrado. Agora você poderá trocar a cor do fundo, deletar e fazer um novo, ou ainda trocar a cor interna do logo.
Obs.: depois de importar para o Corel Draw e desmembrar o objeto, mudei a cor do logotipo para um azul mais escuro.

Fonte: Clique aqui!
 

—————

Voltar