.


RECARGA DE BATERIAS

28/03/2016 14:11

Sempre nos ensinaram várias coisas sobre as formas de recarregar as baterias de nossos celulares que não fazem o menor sentido, e justamente porque para os dias atuais são falsas as formas que indicam, na maioria das vezes, não leram nem mesmo o manual do próprio aparelho, isso quanto tem um.

Logo que você compra um celular ou um smartphone aparece um monte de “entendidos” e vão recomendando que não se deve deixar o aparelho carregando a noite inteira, outra besteira é que não deve ser usado o telefone enquanto ele estiver carregando, e a máxima que o celular só deve ser recarregado quando acabar a bateria.

Dicas desse tipo talvez no passado até fizessem sentido, lembrando que bateria é bateria, então, eu perguntaria se alguém algum dia disse que teria que descarregar completamente a bateria do seu carro para só depois começar a recarga.

Obviamente que a bateria de um celular, de um smartphone, de um tablet ou de um notebook tem tecnologia diferente da bateria de um carro ou de um nobreak, mas porque os métodos de recarga seriam diferentes?

O sistema de recarga das baterias é que tem que ser inteligentes para desligar o carregador quando a carga estiver completa, e isso existe desde os tempos do velho fusquinha de 6 volts que tinha uma espécie de “relê automático” que desligava o dínamo da bateria quando ela estivesse carregada.

História à parte, nos últimos anos as baterias dos celulares evoluíram muito e algumas dicas que mesmo sendo duvidosas, e que para muitos eram úteis, agora são obsoletas, portanto, inúieis.

É preciso levar em consideração que as baterias de smartphones, tablets, GPS (e similares) são de íon e lítio, por isso além de “pegar carga” mais rápido, têm uma vida útil mais longa e pesam muito menos.

O maior problema pode estar na utilização de carregadores falsos ou carregadores originais mas não adequados para alguns tipos de aparelhos, tanto é real que atualmente é discutida a unificação dos conectores e da tensão de recarga.

Obviamente que podem existir problemas, mas a grande maioria dos incidentes é culpa do usuário ao usar carregadores não originais e de má qualidade, se o usuário utiliza um carregador de boa qualidade não deve ter nenhum problema de segurança.

É falso afirmar que carregar a bateria do celular frequentemente prejudica as baterias, tanto é que na maioria dos manuais está escrito que é para recarregar a bateria de íon de lítio a qualquer hora, e não é preciso esperar para utilizar 100% da carga para recarregá-la.

Na verdade, experiências comprovam que a carga ideal para uma bateria de íon de lítio varia entre 20% a 80% de sua capacidade, e manter a carga entre 20% e 80% é o ideal para aumentar a vida útil da bateria.

Com a tecnologia existente, os equipamentos sabem quando a bateria está com a carga completa e por isso deixam de levar carga até a bateria, mesmo que o carregador esteja conectado á tomada, mas deve ser evitado deixar ligado na tomada por uma questão de economia e não pelo risco de destruir a bateria do celular.Isso significa que não é recomendado manter a bateria do celular 100% carregada e nem deixar a bateria ficar totalmente descarregada, também é falso afirmar que é errado deixar o telefone recarregando durante a noite toda.

É inegável que os carregadores originais e da mesma marca do celular são os mais adequados para recarregar o telefone, e por dar garantia, os fabricantes fornecem junto com o aparelho acessórios originais, inclusive um carregador de baterias.

Apesar de ser mais caro, é recomendável o uso de um carregador original, afinal, as alternativas baratas podem custar caro, que pode ser o valor do próprio celular e até despesas médicas, pois a tensão desses carregadores piratas nem sempre são as tensões recomendadas para alguns tipos de celulares ou smartphones.

Com tensão fora da recomendada, o sistema eletrônico fica maluco e pode até fazer explodir a bateria do celular o até mesmo nem recarregar a bateria e deixar a suspeita de um problema no aparelho.

É preciso deixar claro que não há nenhum problema em usar o telefone enquanto ele estiver recarregando a bateria, obviamente que existem histórias assustadoras que alimentam essa mentira.

Talvez uma das dicas mais corretas é aquela que o telefone carrega mais rápido no modo avião, em todo caso a diferença é pequena mas a dica funciona, a rapidez é porque em modo avião são desativadas as opções de acesso à rede 3G e ao Wi-Fi, e por isso o telefone utiliza menos bateria durante a recarga.

A velocidade com que a bateria de um celular é recarregada depende da potência elétrica dos acessórios usados nesse processo, e a potência varia de acordo com as especificações técnicas dos cabos e carregadores, portanto, quanto maior for a potência do carregador, mais rápido a bateria será recarregada.

 

Fonte: Clique aqui!

—————

Voltar