.


MICROSOFT ALTERA FUNÇÃO DO WINDOWS PARA REDUZIR RISCOS DE VIRUS EM PENDRIVES

03/12/2011 11:28

Conecte um pen drive no computador e você pode ser infectado por um vírus que está armazenado na mídia. Essa é a realidade em diversas versões do Windows, se você utiliza a configuração padrão do sistema. No Windows 7, esse não é mais o caso, porque o AutoRun – que faz o “favor” de executar os programas em mídias removíveis – só é ativado em CDs e DVDs. Para todos que ainda usam (ou continuarão usando) versões anteriores do Windows, a Microsoft disponibilizou uma atualização que altera o comportamento do sistema para ser o mesmo do Windows 7 – reduzindo, assim, o risco de infecção por pen drives.

Atualização impede execução de vírus em pen drives

A Microsoft cumpriu sua promessa, feita há quatro meses, e lançou uma atualização para mudar o comportamento do AutoRun nos Windows XP, 2003, Vista e 2008. Uma vez instalada, ela elimina por completo a função de execução automática AutoRun para qualquer mídia que não seja um CD ou DVD. Com isso, a disseminação de vírus por meio de pen drives – usada pelo Conficker, entre outras centenas de pragas – é dificultada.

A atualização precisa ser instalada manualmente. O artigo na base de conhecimento da Microsoft ainda não está disponível em português – apenas uma tradução automática é oferecida. A atualização em si, no entanto, está disponível em português do Brasil no Centro de Downloads da Microsoft. Use também esses links diretos:

Atualização para o Windows XP
Atualização para o Windows Vista

Esse novo comportamento é o mesmo que o Windows 7 apresenta por padrão após sua instalação. A instalação da atualização é recomendada, já que o impacto no funcionamento normal do sistema será mínimo e o ganho em segurança visível.

Para que um vírus em um pen drive infecte um computador, o usuário terá de executar manualmente o programa armazenado na mídia. Antes, conectar o dispositivo ao PC era suficiente para que a praga fosse executada.

A coluna recomendou em várias ocasiões a desativação completa do AutoRun. A atualização, no entanto, é agora uma opção mais atraente.

Fonte: G1/Globo

—————

Voltar