.


MERCADO DE PROGRAMAÇÃO PARA APPS MÓVEIS

21/09/2011 15:40

 



Leia a matéria na integra
 

No começo do ano a gente apostou e parece que a nossa bola de cristal estava certa. Os tablets e smartphones se tornam cada vez mais populares. Pesquisas recentes apontam uma verdadeira explosão nas vendas mundiais desses dispositivos móveis. De carona nessa popularização, o setor de aplicativos móveis também cresce a taxas exorbitantes movido pela demanda dos usuários finais e empresas.

João Moretti, diretor da Mobilepeople diz que "a cada ano, o mercado vem crescendo bastante. Sempre se fala em uma grande explosão. E ela já vem acontecendo há muito tempo". 

O problema é que, especificamente no Brasil, essa expansão do mercado de aplicativos móveis enfrenta um desafio grande: a falta de profissionais capacitados a desenvolver esse tipo de solução.

"No caso do Brasil, já chegamos até a importar profissionais de fora. Importar desenvolvimento de aplicações dos EUA, Índia e, por incrível que pareça, até da China. Então essa falta de profissional aqui no mercado brasileiro pode estar travando ainda mais esse crescimento", explica Danilo Altheman, diretor da Quaddro.

Outra saída encontrada pelas empresas para essa falta de sincronia entre oferta e demanda de profissionais especializados é procurar quem tenha algum conhecimento em programação e desenvolvimento de sistemas e treiná-los internamente.

Uma vez que sobram vagas no mercado, após a formação, o emprego é praticamente garantido. Mais do que isso, a remuneração é bastante atraente; os salários variam de R$180 a R$220 por hora trabalhada.

Danilo explica que "é uma área que estamos perdendo tempo e muito dinheiro. A ideia é conseguir focar e transformar esse país, que também é muito bem conhecido na área de desenvolvimento, mas transformá-lo em uma país de desenvolvedor de aplicações para dispositivos móveis".

Outra possibilidade tentadora é desenvolver um aplicativo que caia no gosto popular.

"Vemos notícias de pessoas que desenvolvem aplicativo e, da noite para o dia, ficam milionárias. Todo mundo ouve falar que os smartphones e tablets são o futuro. Então, acredito que esse crescimento vai acontecer em breve", completa Danilo. 

Se você se interessa pelo assunto, fique ligado! Assim como na maioria das áreas de tecnologia, existe muito material na internet para aprender a programar para dispositivos móveis.

O momento é realmente bom, e o setor está pra lá de aquecido. Se você quiser começar a pesquisar e estudar um pouco sobre programação para tablets e smartphones, nós separamos o link de um blog que traz, em português, tutoriais e os primeiros passos para você começar a programar para iPhone e iPad. Confira e boa sorte!

 

—————

Voltar