.


CONHEÇA AS 10 TENDÊNCIAS DIGITAIS PARA 2012

24/09/2011 15:23

 

Ammy Webb, CEO da consultoria de estratégia digital Webbmedia Group e ex-jornalista da revista Newsweek e do jornal The Wall Street Journal, analisou as principais tendências do mercado digital em 2012 durante a convenção Online News Association (ONA) 2011. O Webbmedia Group tem como clientes a Organização das Nações Unidas (ONU), o Departamento de Estado dos Estados Unidos e meios de comunicação como NBC e USA Today.

Ammy se transformou em uma referência internacional na investigação de novas ferramentas digitais e sua apresentação foi uma das mais esperadas pelos participantes do encontro anual de Online News Association. O evento de mídias digitais mais importante do mundo começou na quinta-feira com mais de 1,1 mil participantes de vários países. Veja quais são as principais aposta da executiva para o próximo ano:

1. Refinamento de resultados de buscas
O volume de informação na rede faz que qualquer pesquisa gere milhares de resultados. Webb considera que as ferramentas que permitem aos usuários fazerem buscas mais precisas são uma tendência e uma necessidade no futuro.

www.helioid.com - sistema de buscas categorizadas por temas
www.twylah.com - sistema de busca específico para resultados do Twitter
www.greplin.com - ferramenta de busca especializada em redes sociais

2. Tópicos
A organização da informação por temáticas torna mais fácil a produção de conteúdo. Nesse sentido, os serviços que agregam de maneira "inteligente" dados a tópicos específicos permitem que os usuários agrupem e selecionem informações rapidamente.

www.quora.com - Site de perguntas e respostas onde os usuários colaboram para aumentar e editar os conteúdos criados

3. Círculos
Com o lançamento do Google+, a rede social ampliou a possibilidade de agrupar em "círculos" virtuais os amigos, conhecidos, familiares e os contatos de cada pessoa. A rede surgiu como uma tentativa de competir com o Facebook, depois das duas primeiras tentativas anteriores, com o Google Buzz e o Google Wave. Da mesma maneira que faz o Google, Webb pensa que os usuários podem relacionar a informação através do que chama "inner circles", adicionando interação em tempo real.

www.groupme.com - aplicativo que permite fazer chamadas e conferências gratuitas e enviar mensagens de texto para celular com os contatos gravados no aparelho
www.heytell.com - outro aplicativo para iPhone e Android que faz chamadas e as grava, localizando o contato geograficamente

4. Redes sociais de proximidade
Essa tendência se deriva do serviço de geolocalização Foursquare e facilita o encontro de pessoas que estão em um mesmo lugar ou próximas geograficamente.

Sonar - aplicativo para iPhone baseado no Foursquase, Facebook e Twitter que ajuda os usuários a encontrarem pessoas que estão geograficamente próximos, com quem podem ter algum tipo de relação em comum
www.streetspark.com - programa para encontros e namoros que busca informação do Facebook e do Twitter para "sugerir" relacionamentos 
www.nerdnearby.com - similar ao StreetSpark, mas voltado para "nerds"
www.likealittle.com - também para os apaixonados, criado por ex-funcionários do Google e da Microsoft

5. Reconhecimento facial e de íris
Para Ammy, o webbface.com é o aplicativo mais importante de 2011. O serviço permite reconhecer rostos através de fotografias. Essa tecnologia - e tendência - mudará inclusive o trabalho da polícia durante a Copa do Mundo de 2014, como forma de identificar suspeitos e delinquentes para prevenir atos de violência, segundo a consultora. Google e Apple já fizeram investimentos nesse tipo de tecnologia, adquirindo aplicativos como o PittPatt e Polar Rose, respectivamente.

www.face.com - aplicativo gratuito que identifica rostos através de fotos
www.pittpatt.com - o Pittsburgh Pattern Recognition é um sistema criado na Universidade de Carnegie Mellon nos anos 90, lançado em 2004 e comprado pelo Google. Segundo Ammy, é capaz de deduzir quem está em uma foto, localizar seu perfil no Facebook e cruzar os dados pessoais para encontrar com alto grau de precisão o número de seguro social (equivalente americano ao CPF). 
www.cvdazzle.com - Serviço de "camuflagem" de fotografias, impedindo que sejam reconhecidas por programas como os citados acima 

6. Ferramentas para fazer anotações digitalmente
A digitalização da informação em tempo real permite que se possam criar e compartilhar dados de maneira rápida, para processá-los em qualquer dispositivo ou plataforma.

www.livescribe.com - caneta que captura e registra textos, áudios e desenhos, transformando-os em conteúdo digital
www.abbyy.com - programa que pode fotografar um texto e transformá-lo em documento para edição digital
www.inkling.com - transforma desenhos feitos em papel em ilustrações digitais, mas só chega ao mercado em novembro

7. Leitura rápida e longa
Programas que facilitam a leitura, armazenam textos e ajudam a escolher conteúdos na internet.

www.longreads.com - deduz quanto tempo vai demorar em ler um texto
Kindlesingles - seção do Kindle que vende textos mais longos que um artigo e mais curtos que um romance
www.instapaper.com - ferramenta que permite guardar páginas da web para serem lidas posteriormente

8. Interface gestual
Tecnologia que se deriva do touchscreen, mas não depende de telas. Os comandos são dados com movimentos das mãos no espaço, exatamente como fazer os policiais no filme Minority Report. A Apple e o New York Times já trabalham com essa tecnologia.

www.oblong.com - fabricante que criou luvas que permitem dar comandos pelo espaço

9. Relatórios de premonição
Através de dados da internet, podem ser gerados relatórios que deduzem possíveis situações futuras.

www.trendsmap.com - mapa que, em tempo real, mostra as tendências do Twitter em qualquer parte do mundo. A partir dessa tendência é possível deduzir uma situação futura. Por exemplo, se em um país há uma grande frequência de tweets sobre um mesmo tema, pode se iniciar um protesto, uma greve ou uma mobilização.
www.recordedfuture.com (Temporal analytics) - através de temas e dados, o programa mostra as possibilidades de situações futuras, tudo graças ao conhecimento coletivo da informação.

10. Ética no jornalismo digital
É o grande desafio das novas formas de comunicação porque, na opinião de Ammy, a facilidade de produzir conteúdo e disseminar a informação está acompanhada do risco de enganar o público, com informação falsa ou manipulada.

—————

Voltar